Publicidade
Apriori Cucina
 
 
LostBrasil
 Portal Portal  Fórum Fórum  Orkut  Twitter  FAQ FAQ  Pesquisar Pesquisar  Membros Membros  Grupos Grupos
 
Registrar :: Entrar Entrar e ver Mensagens Particulares
 




Menu
Portal
Fórum
Notícias
Sinopses
Outras Séries
Orkut
Links
Livros de Lost
DVDs de Lost
O que é Lost?
Quem Somos
Regras


» Acesso Restrito «
The Lockdown
Chat V.I.P.


Colabore


Saldo atual:40%



Calendário
23/05/2010
ABC: 6x17/18 - The End

25/05/2010
AXN: 6x17/18 - The End

Perfil
Usuário:

Senha:

 Lembrar senha



Esqueci-me da senha



Ainda não se registrou?

Faça seu cadastro.
É de graça!



LostBrasil - Índice do Fórum  » Esportes » Por que o Finasa" Osasco" saiu do vôlei

Novo Tópico  Responder Mensagem printer-friendly view
 Por que o Finasa" Osasco" saiu do vôlei « Exibir mensagem anterior :: Exibir próxima mensagem » 
Autor
Mensagem
rafaelrss
MensagemEnviada: Quarta Abril 22, 2009 11:29  |  Assunto: Por que o Finasa" Osasco" saiu do vôlei Responder com Citação


Colaboradores



Sexo: Sexo:Masculino
Idade: 37

Registrado em: Terça-Feira, 14 de Fevereiro de 2006
Mensagens: 5.436
Tópicos: 449
Localização: Salvador-BA



Grupos: Nenhum
Por que o Finasa saiu do vôlei






A decisão do Finasa de descontinuar o seu time profissional de vôlei pode ser entendida por uma série de fatores, que o blog conseguiu apurar e juntar as peças ao longo do dia (o que explica em parte a ausência de outros posts por hoje).

A primeira decisão foi interna. Em março deste ano, o Bradesco mudou de presidente. Márcio Cypriano deu lugar a Luiz Carlos Trabuco Cappi. A missão do novo mandatário do banco é recolocá-lo em posição de liderança entre as instituições privadas do país, perdida na fusão de Itaú e Unibanco e abalada com a junção de Real e Santander.

Com o novo presidente, uma nova filosofia começou a ser implantada dentro da instituição. E o projeto do Finasa, que nunca foi uma unanimidade no Bradesco, passou a ser questionado pela nova direção do banco. Até nenhuma novidade, mas na hora de pesar na balança os prós e os contras de uma decisão dessas, vários outros pontos começaram a ser levantados, e a opção pela descontinuidade do time principal ficou foi ganhando força.

O primeiro deles, mais do que óbvio e seguidamente discutido no meio esportivo, é a rejeição ainda existente de muitos veículos (em especial os das Organizações Globo) em falar o nome do Finasa, que era quem assegurava o aporte de R$ 12 milhões anuais para manter o time.

Outro peso foi o patrocínio do Banco do Brasil à Confederação Brasileira de Vôlei e à Superliga. Posterior ao início das atividades do Finasa (na época ainda BCN), o patrocínio do BB estava começando a sufocar a marca da instituição concorrente nas partidas. E a CBV não fez nenhum esforço para evitar isso, pelo contrário.

Por fim, o desgaste da direção do time com a CBV por conta da fórmula de disputa (em adequação às exigências da Globo, a decisão do título passou a ser em apenas um jogo) ajudou a não ser tão defensável assim a permanência do time principal.

O resultado de sábado, em mais uma derrota para o Rexona, não influenciou em nada a decisão. Em organizações gigantescas, com conselho de administração influente, nunca se muda uma ação estratégica tão rapidamente, ainda mais quando essa tomada de decisão envolve um projeto de 20 anos de patrocínio e apoio ao vôlei. Se o time tivesse ganho a Superliga, o mesmo anúncio seria feito às atletas, mas a saída da empresa teria uma cara extremamente vitoriosa, diferentemente do que foi agora.

Mas o desejo de manter uma ligação com o vôlei continua. Tanto que o projeto de formação de atletas não será alterado, mantendo-se a previsão de inauguração do centro de treinamentos para este ano, tal qual já havia sido definido em 2008, antes mesmo da troca de comando no banco.

A saída do time principal, porém, poderia servir para que as empresas de mídia entendessem que, se não houver patrocínio, não haverá time. E aí, não haverá esporte.

Ou seja: não falar o nome de quem patrocina é, definitivamente, um tiro no pé.


fonte: Blog Erich Beting/Negocios do Esporte


Arrow Realmente essas atitudes da Rede Globo é f***

Espero que os dirigentes esportivos acordem e dê uma banana para rede globo e veja que ela não é a única saida, essas atitudes mata os esporte.
Como é que eu vou patrocinar alguém se não tenho visibilidade? como vou cobrar maiores compromissos de investimento do setor privado se minha marca não aparece... a globo nesse sentido é triste chega dá raiva quando se vê as coletivas onde a globo dá um close gigante no rosto do atleta com apenas o unico intuito de não divulgar o patrocinador.

Engraçado é que o estádio mais moderno da copa da Alemanha se chama Allianz Arena ( nome de uma seguradora alemã) e a seleção Brasileira vive jogando em londres no emirates stadium ( nome de uma empresa aérea patrocinadora do Arsenal).

isso só para citar o Futebol... quando é que vamos deixar de ser amadores?

Mais amador é o dirigente que aceita isso parabéns FINASA por essa atitude espero que os dirigentes caia na real e deixe de aceitar essas imposições babacas de um empresa que apenas trasmite um evento e não patrocina nada.


Voltar ao Topo
rafaelrss está offline  Ver o perfil do usuários Enviar Mensagem Particular MSN Messenger
rafaelrss
MensagemEnviada: Quarta Abril 22, 2009 18:48  |  Assunto: Re: Por que o Finasa" Osasco" saiu do vôlei Responder com Citação


Colaboradores



Sexo: Sexo:Masculino
Idade: 37

Registrado em: Terça-Feira, 14 de Fevereiro de 2006
Mensagens: 5.436
Tópicos: 449
Localização: Salvador-BA



Grupos: Nenhum
Finasa acaba com seu vôlei. Culpa da Globo?





Trauma no vôlei feminino do Brasil.

Na última segunda, o Grupo Bradesco anunciou o fim do seu time profissional de vôlei feminino, chamado Finasa, mas que a Rede Globo insiste em chamar de Osasco.

E se agora os outros patrocinadores dos chamados “esportes olímpicos” fizerem o mesmo, a emissora líder finalmente deixará de esconder as empresas que acreditam nas modalidades diferentes do futebol?

Sem querer ser pitonisa, mas sendo, leiam dois artigos que escrevi anos atrás:

O Banespa não é banco, é o volei do Brasil

Pobre Luís Roberto, o bom narrador esportivo da Rede Globo.

Na final emocionante da Superliga de vôlei masculino, dia 1º de maio, no Mineirinho, em Belo Horizonte, a capital mundial do Galo, várias vezes ele ia se referir corretamente ao time paulista como “Banespa” e sempre tinha que trocar para “São Bernardo”.

Andou até saindo, na empolgação natural da ótima narração, “Ban…, “Bane… ou “Banes…, mas nunca “Banespa”.

Com tanto “Banespa” na camisa, tradicionalmente vermelha, e com tanta história maravilhosa desse clube em prol do vôlei deste País, você acha que daria, em um passe de mágica, para se trocar o nome dele tão facilmente e impunemente?

É claro que não e tudo soou muito falso no tal “Minas versus São Bernardo”.

Até nas chamadas, o nome Esporte Clube Banespa foi castrado.

Sim, na Globo tudo é controlado por extraordinária que ela é, e, no vôlei, um acordo da prefeitura de São Bernardo com o Banespa, em mais um desses casamentos itinerantes envolvendo um clube de tradição e o poder público.

Amanhã, será outra cidade, até que o Banespa volte a jogar sozinho ou com os apoios que sempre teve de “Santo Amaro” e do “Vereador José Diniz” que emprestam seus nomes para as avenidas que demarcam os limites do Esporte Clube Banespa, esse clubaço que é um dos berços e o coração do voleibol dourado do Brasil.

Certo, Montanaro?

Toda a mídia noticiou que o Banespa foi o grande campeão em Minas.

Menos a Globo.

Para ela, Banespa é banco.

Não é não.

No vôlei, é clube.

E dos bons, e dos nobres.

Sem ele, talvez nosso vôlei bicampeão olímpico ainda fosse de segunda divisão.

Eu até torci contra o Banespa, tenho amigos no Minas, mas o resultado foi tão justo quanto injusto foi o tratamento nominal dado ao campeão.

E se os presidentes do Banespa, clube e banco, resolvessem acabar com o apoio ao vôlei, será que a Rede Globo tomaria seu lugar mantendo esse “amor verdadeiro” com a prefeitura de São Bernardo?

Depois, vem a grande imprensa, inclusive a Rede Globo, cobrar medalhas olímpicas.

Medalha você consegue só com muito talento, esforço, dedicação, sorte, apoio e patrocínio.

E quem patrocina, na hora da vitória tão rara, quer um mínimo de retorno e de visibilidade na mídia. não basta a Rede Globo como de resto quase todas as TVs fechar a imagem no rosto do medalhista entrevistado, do queixo até o fim da testa, e, agora, ainda resolve mudar o nome de um time cujo conhecimento é de domínio público?

Lembrando, por exemplo, que a empresa cimenteira Votorantim agora também é banco, e se amanhã, no futebol e na evolução natural da vida e da economia, um time grande de Rio ou São Paulo resolver estender seu nome para supermercado, banco, marca de celular ou de guaraná?

, em vez de Corinthians e São Paulo vamos ter um emocionante Tatuapé versus Morumbi?

E, por extensão, logo, logo, poderemos não ter mais Fla x Flu, mas sim Gávea x Laranjeiras.

Mas o interessante é que, no vôlei, o Banespa foi transformado em São Bernardo, mas na mesma Rede Globo, na F-1, com o ótimo Galvão Bueno, aliás, como deve ser, a Toyota é Toyota e a Renault é Renault.

Por coerência, a equipe Toyota então não deveria ser chamada de Tóquio e a Renault, de Paris?

Até porque quem patrocina a F-1 da Globo é a GM. Ora, bolas, até quando patrocinador olímpico brasileiro só irá ter seus três direitos básicos que são os de pagar, pagar e pagar?


O texto acima foi publicado no dia 7 de maio de 2005, no jornal “Agora São Paulo” e no site Miltonneves.com.br

fonte: Blog do Milton Neves


Voltar ao Topo
rafaelrss está offline  Ver o perfil do usuários Enviar Mensagem Particular MSN Messenger
Publicidade
Assunto: Publicidade - Use este espaço para divulgar sua empresa  




Anuncie no
LostBrasil


Publicidade LostBrasil:
Clique aqui e saiba como anunciar

Voltar ao Topo
Mostrar os tópicos anteriores:   
Novo Tópico  Responder Mensagem Página 1 de 1

LostBrasil - Índice do Fórum » Esportes » Por que o Finasa" Osasco" saiu do vôlei
Ir para:  

Enviar Mensagens Novas: Proibído.
Responder Tópicos Proibído
Editar Mensagens: Proibído.
Excluir Mensagens: Proibído.
Votar em Enquetes: Proibído.
Anexar arquivos: proibido.
Baixar arquivos: proibido.

Bad Twin Desvendando os Mistérios de Lost Identidade Secreta Risco de Extinção Sinais de Vida